Serm√Ķes Online

A fé vem pelo ouvir

ūüĒī Culto Vespertino | 29/10 18h – Pr. Lucas Previde

ūüĒī Culto Vespertino | 29/10 18h – Pr. Lucas Previde

ūüĒī Culto Vespertino | 29/10 18h – Pr. Lucas Previde

A Comunh√£o que Nos Fortalece (Ageu 2.1-9) – Pr. Lucas Previde
.
Solicite o seu Guia de Pregação em:

Guia de Prega√ß√Ķes


.
RECEBA DIRETAMENTE:
Canal do Telegram: http://bit.ly/ipsa-telegram (Recomendado)
Assinar Podcast: https://bit.ly/ipsa-podcast
Assinar Newsletter: http://bit.ly/ipsa-email

MAIS INFORMA√á√ēES
Mídias Sociais: https://linktr.ee/ipsantoamaro
Website: http://www.ipsantoamaro.com.br

Sobre a m√ļsica de abertura
M√ļsica: Louvai a Deus, soberano Senhor (Hin√°rio Novo C√Ęntico n¬ļ16). T√≠tulo original em portugu√™s: Louvor a Deus
Compositor: Stralsund Gesangbuch (1665), Joachim Neander (1680)

Ficha Técnica
Arranjos e produção musical: Samuel Cintra Santos
Grava√ß√£o, mixagem e masteriza√ß√£o: SCS Produ√ß√Ķes
Produção: Igreja Presbiteriana de Santo Amaro
ISRC: BR-075-22-00001

Legendas autom√°ticas:

[M√ļsica]
k
[M√ļsica]
bu Boa noite a todos eu Sa√ļdo a Igreja
na graça e na paz de nosso senhor Jesus
Cristo Sa√ļdo tamb√©m nossos irm√£os que
acompanham a transmiss√£o do culto pela
internet e Convido os irm√£os agora
a nesse início de
culto abrirmos a palavra do senhor no
Salmo 9 Versículos de 1 a 11 e eu peço
para os irm√£os
acompanharem comigo esta
leitura Salmo 9 de 1 a 11 eu te louvarei
Senhor de todo o meu coração Contarei
todas as tuas Maravilhas em ti me
alegrarei e exultarei ao teu nome √ď
altíssimo Eu cantarei louvores pois ao
retrocederem os meus inimigos tropeçam e
somem da tua presença porque defendes o
meu direito e a minha causa no trono te
assent e julgas retamente tu repreende
as na√ß√Ķes destr√≥i o √≠mpio e para todo
sempre lhes apagas o nome quanto aos
inimigos estão consumidos suas ruínas
são perpétuas Arrase as suas cidades até
a memória deles pereceu mas o Senhor
permanece no seu trono eternamente Trono
que erigiu para julgar ele mesmo julga o
mundo com justiça julgará os povos com
retid√£o o senhor √© tamb√©m alto ref√ļgio
para o Oprimido Ref√ļgio nas horas de
ang√ļstia em ti pois Confiam os que
conhecem o teu nome porque tu senhor n√£o
desampares os que te buscam cantem
louvores ao senhor que habita em Si√£o
proclamem entre os povos o que ele tem
feito meus irmãos nós estamos nesta
noite para adorar esse nosso Deus esse
nosso Deus que
eh julga o mundo com justiça que julgará
os povos com retid√£o vamos nos colocar
de p√© e cantar este C√Ęntico que fala que
nos convida a adorar o nosso
[M√ļsica]
Deus quem
mant√©m as √Āguas em sua
m√£o quem
darei a conta a cada
gr√£o
fala e Reis e povos faz
tremer a
criação se prostra
adorar é o
nosso
Deus no seu trono
est√° vamos
adorar é o
nosso
rei n√£o h√° outro
igual Vamos
[M√ļsica]
adorar
qu a
ele pode
aconselhar seus
decretos pode
questionar quem a
ele pode
instruir quem
explica todo o seu
agir é o
nosso
Deus no seu trono
est√° Vamos
adorar é o
[M√ļsica]
noso
rei n√£o h√° outre
Vamos
[Aplausos]
[M√ļsica]
adorar quem
sofreu doos cvos
durador Quem pagou
o mal do
pecador
Jesus
Cristo humilde
padeceu
triunfou e reina com
poder é o
[M√ļsica]
noso
Deus no seu trono est√°
Vamos
adorar é o
[M√ļsica]
nosso
rei n√£o h√° outro
igual Vamos
adorar a
luz
rear
sempre
reinar√° para
sempre
reinar√° para
sempre
reinar√° para
[M√ļsica]
sempre é o
nosso o
Deus no seu trono
est√° vamos
adorá-lo é o
nosso
rei n√£o h√° outro
igual Vamos
adorar oremos
senhor nós te agradecemos porque o
Senhor nos trouxe até aqui e nós podemos
reunidos como congregação juntos como
irmãos declarar a ti que o senhor é o
nosso Deus e que n√£o h√° outro igual
obrigado Deus por toda a tua graça
derramada sobre nós obrigado Senhor
porque o Senhor tem sustentado as nossas
vidas e neste momento
nós Te pedimos Deus que aceite o nosso
louvor aceite a nossa adoração e que
através deste culto nós possamos ser
edificados e e que nós possamos sair
daqui e levar a tua palavra
para para toda todo mundo para as
pessoas que precisam nós Oramos em nome
de Jesus amém os irmãos podem
assentar faremos a leitura bíblica meus
irmãos em Filipenses 2 Versículos 12 a
16 agora neste momento de contrição e
confiss√£o de
Pecados diz assim a palavra do senhor
Filipenses 2 de 12 a 16 a assim meus
amados como vocês sempre obedeceram não
só na minha presença porém muito mais
agora na minha ausência desenvolvam a
sua salvação com temor e tremor porque
Deus é quem efetua em vocês tanto o
querer como o realizar segundo a sua boa
vontade Fa√ßam tudo sem murmura√ß√Ķes nem
discuss√Ķes Para que sejam
irrepreensíveis e puros filhos de Deus
inculpáveis no meio de uma geração
pervertida e corrupta na Qual vocês
brilham como luzeiros no mundo
preservando a palavra da vida meus
irm√£os ao sair daqui essa deve ser a
nossa miss√£o esse deve ser o nosso
objetivo sairmos daqui como luzeiros
preservando a palavra da vida e para
isso é importante que nós nos desviemos
do mal por vezes cometemos pecado
fazemos aquilo que é errado e esse é o
momento que nós temos a oportunidade de
orar a Deus nos achegar a ele e pedir
perd√£o pelos nossos pecados eu vou
eh Pedir para que os irmãos façam uma
oração silenciosa de confissão de
Pecados e na sequência nós teremos uma
oração
audí
Senhor Deus por causa do teu nome perdoa
as nossas iniquidades as falas senhor
que temos cometido senhor ao longo do
tempo da nossa vida aqui na terra pai é
o que eu te peço senhor em nome Jesus
amém
[M√ļsica]
ele n√£o
tinha qualquer
beleza ou
Majestade para nos
atrair nada
havia em sua
aparência para o
desejamos mas
rejeitado entre os
homens ainda assim carregou nossas dores
o seu
castigo nos traz paz e a
esperança não se
esv
a oferta pela culpa Ele
ofereceu para satisfazer o criador ele
morreu para que a sua luz em nós pudesse
brilhar o filho do
amor se
entregou em nosso
lugar
mais
rejeitado dentre os
homens ainda assim carregou nossas dores
o seu
castigo nos as paz e a
esperança não se
[M√ļsica]
esv a oferta pela culpa Ele
ofereceu para satisfazer o criador ele
morreu para que a sua luz em nós pudesse
brilhar o filho do amor
se
entregou em nosso
lugar és o
cordeiro que pelos nossos
pecados foi
esmagado sem
dizer uma só
palavra se
entregou aos
saus
amor sua vida até a
morte
provando
ir para nos dar sua doce graça e nos
fazer
viver
[M√ļsica]
sublimia
M Jam me
deixar√° com todo o ser a ti vou me
entregar ainda que
eu venha
falhar seguro eu
estou em teu Sublime
[M√ļsica]
amor
[M√ļsica]
so me
amor a mim veio
[Aplausos]
habitar n√£o sou
ninguém pra tua voz
[M√ļsica]
ouvir mais doce
vem me
confortar segur eu estou em teu Sublime
[M√ļsica]
amor descanso em ti em teus braços de
amor meu fiel e Bom
Pastor raz√£o do meu
viver tu me sostem com tua graça e teu
poder até que um dia eu possa ver tua
face meu
senhor segui me
amor na cruz t√£o suave
som canção tão
doce a mim viu
pecador vem
revelar o
Redentor em cujo amor segur sempre
estou descanso em ti em teus braços e
amor meu fiel e Bom
Pastor J√£o do meu
viver tu me sustent com tua graça e teu
poder até que um dia eu possa ver tua
face meu senhor
Sublime amor que inunda os dias
meus o teu
fluir me atrai para Junto a
Ti de bênçãos
ees meu
viver segund
estou em teu Sublime
amor
Seguro
Estou em teu Sublime
Amor a igreja pode se
assentar nessa noite nós daremos
continuidade √† s√©rie de serm√Ķes no livro
do profeta
aeu Esta é a segunda pregação ou o
segundo sermão de nossa série e o livro
do profeta hau tem como roteiro ou como
pano de fundo a
reconstrução do templo quando o povo de
Israel liberto do cativeiro babil√īnico
retorna a
Jerusalém o Senhor então determina que o
templo
novamente seja
construído o povo de Deus naquele
momento se encontrava distante de uma
comunh√£o n√≥s vimos no √ļltimo serm√£o que
a reconstrução do templo simbolizava O
Retorno ou a restauração da comunhão com
Deus pois Deus habitava a sua glória
habitava no templo que o senhor
abandonou o templo quando o povo de
Israel entrou em
idolatria o templo ent√£o totalmente
destruído porque o Senhor havia
abandonado o templo ou abandonado à
comunh√£o com o seu povo o seu povo vai
para o cativeiro babil√īnico e ap√≥s 70
anos ent√£o o povo retorna O senhor traz
novamente o povo para a sua
terra
eh dessa forma no √ļltimo serm√£o n√≥s
terminamos concluindo que a primeira
Revelação dada pelo senhor ao profeta
Agu exortava ensinava e ordenava que o
povo
desejasse esta comunhão se vocês se
lembram a primeira revelação do profeta
Agu é a respeito de que o povo está
acomodado as ruínas do templo começaram
a ser erguidas a construção parou porque
as pessoas estavam mais preocupadas em
construir as suas casas do que de
Reconstruir o templo ent√£o a obra fica
parada por cerca de 15 anos e a
revelação do Senhor vem a Agu e Agu
ent√£o
diz n√£o h√°
prioridade a primeira revelação do
senhor a Agu ensina ao povo que a
comunh√£o com Deus deve ser a nossa
prioridade de vida então nós terminamos
o capítulo um enxergando que o povo
reconheceu a necessidade de retornar a
uma comunh√£o com o senhor o povo se
arrepende o povo ent√£o volta ao trabalho
é assim que termina o capítulo o
capítulo 1 e a primeira os efeitos da
primeira Revelação dada a Deus para Agu
agora voltemos a ao livro do profeta jeu
nós iremos ler o Capítulo 2 Versículo de
1 a no que se trata da segunda revelação
do profeta
ah revelação de Deus ao profeta Agu nos
ensinando um pouco mais a respeito desta
comunh√£o que o senhor estava
reintroduzindo ao seu povo acompanhe
comigo Ageu Capítulo 2 Versículos de 1 a
9 diz assim a palavra do senhor no
segundo ano do Reinado de daril no
s√©timo m√™s no 21¬ļ dia do m√™s a palavra
do senhor veio por meio do profeta Agu
dizendo fale agora a Zorobabel filho de
Salatiel governador de Judá e a Josué
filho de josadaque o sumo sacerdote e o
remanescente do Povo
dizendo Quem de vocês que tenha
sobrevivido
contemplou este templo na sua primeira
glória e como vocês o vem agora
por acaso não é como nada aos olhos de
vocês mas agora o senhor diz seja forte
Zorobabel seja forte Josué filho de
josadaque o sumo sacerdote e vocês todo
o povo da terra sejam fortes diz o
senhor e trabalhem porque eu estou com
vocês diz o senhor dos exércitos
segundo a aliança que fiz com vocês
quando saíram do Egito o meu espírito
habita no meio de vocês não tenham medo
pois assim diz o senhor dos
exércitos daqui a pouco mais uma vez eu
farei tremer o céu a terra o mar e a
terra seca farei tremer todas as na√ß√Ķes
e ser√£o trazidas as coisas preciosas de
todas as na√ß√Ķes e encherei esse temp de
Glória diz o senhor dos exércitos minha
é a prata meu é o ouro diz o senhor dos
exércitos a glória deste novo templo
ser√° maior do que a do primeiro diz o
senhor dos exércitos e neste lugar darei
a Paz diz o senhor dos exércitos até
aqui a palavra do nosso Deus vamos
orar Senhor Diante de Ti Nos colocamos
certos de nossa incapacidade de
compreendermos ó pai a profundidade da
tua
palavra por isso diante de
ti Pedimos que teu santo espírito nos
conduza nessa
tarefa abrindo os nossos olhos o nosso
coração dobrando os nossos
joelhos nos submetendo à tua palavra
e sabendo que ela nos foi dada para isso
para nos trazer próximos a Ti em
comunh√£o podemos fazer isso no nome do
nosso senhor Jesus Cristo por quem
Oramos
Amém notem que a segunda revelação da
parte do profeta
Agu nos ensina que
embora nós ten
desejo da comunh√£o com Deus como
prioridade é claro que a nossa comunhão
com Deus por diversas vezes é
enfraquecida pela nossa ineficiência
incapacidade de
conduzi-la por mais dedicados que
sejamos acabamos por nos infrac sendo
necess√°rio que sejamos encorajados que
sejamos
e o senhor sabe disso O senhor sabe que
você não consegue o senhor sabe o quanto
isso é difícil para você manter comunhão
com ele o senhor sabe que a nossa fé é
vacilante e sujeita ao enfraquecimento
dessa comunh√£o O Senhor conhece a nossa
falta de perseverança E a fragilidade em
mantermos nossa
posição e o primeiro ponto do sermão
dessa noite é a realidade da nossa
deficiência em manter comunhão com Deus
Isto é uma
realidade somos
deficientes em manter uma comunh√£o com
Deus e o texto que nós lemos a revelação
do senhor a Agu a segunda Revelação nos
mostra isso eu não sei se você percebeu
mas se você ler o capítulo o versículo
anterior o Versículo 15 quando o povo
então se anima parte para a reconstrução
do
templo a revelação seguinte se dá a um
mês depois um mês depois notem que a
disposição em retornar à
reconstrução no Versículo 15 diz era o
24¬ļ dia do sexto m√™s e logo em seguida
nos mostra que no 21¬ļ
dia no séo mês a palavra do senhor teve
que ser dada ao povo porque de alguma
forma eles haviam esmorecido
se enfraquecido um mês após um
reavivamento um arrependimento um início
e desejo de comunhão um mês após
isso mas h√° algumas raz√Ķes se n√≥s
precisamos
A primeira é que este período deste mês
posterior se d√° pelo final da festa dos
tabern√°culos em que o povo celebrava
montavam tendas para
Celebrar o resgate que Deus havia feito
do Egito no seu povo era um momento
festivo de lembrar como Deus tinha sido
bom em proteger em
e manter o seu
povo mas agora o povo estava vivendo uma
festa dos tabern√°culos bem
distinta Jerusalém completamente
destruída Este é o mesmo período de
Neemias se você for em Neemias Neemias
chora quando ouve as notícias vindas de
Jerusal√©m muros derrubados port√Ķes
Queimados certamente n√£o havia muito o
que se comemorar para aquele povo n√£o
havia
perspectiva eles até começaram se
animaram na construção do Templo queriam
voltar a uma comunh√£o com o senhor mas
estava dif√≠cil diante das circunst√Ęncias
n√£o havia o que
Celebrar somente um
passado um passado de comunh√£o com Deus
um passado onde Deus habitava no meio do
a sua m√£o cuidava do Povo mas agora Deus
n√£o
estava n√£o havia o
templo certamente o
enfraquecimento ou a dificuldade em se
apegar a uma comunh√£o com o senhor se
dava por conta disso diante das
circunst√Ęncias que aquele povo
enfrentava um trabalho sem
perspectiva o povo sabia que pod iam
trabalhar e nós vamos ver um pouquinho
mais paraa frente poderiam se empenhar
que aquele templo nunca mais seria como
o Templo de Salom√£o em toda a sua beleza
esplendor e
glória era um trabalho sem resultado
imediato tijolo por tijolo pedra por
pedra madeira Por
Madeira mas n√£o poderiam experimentar a
glória do Senhor de um momento
imediato n√£o
certamente o povo carregava em si essa
frustração mesmo após o momento de
reavivamento era difícil continuar era
difícil
caminhar quantos de
nós não passamos por momentos de
reavivamento n√£o passamos por um
fortalecimento com um
desejo de estar mais próximo do Senhor
de manter uma comunh√£o com
Deus mais frente a menor das
circunst√Ęncias dif√≠ceis isso se
enfraquece buscamos ao
senhor mais rapidamente nos
enfraquecemos nesta comunh√£o h√° o menor
problema a menor dificuldade a qualquer
perspectiva as nossas expectativas essa
comunh√£o se
enfraquece Isso é o que estava
acontecendo com o povo uma
frustração não conseguiam enxergar
algo que eles fizesse se apegar a esta
comunh√£o ou manter-se apegado a ela esta
é a realidade do povo e esta é a nossa
realidade devemos compreendê devemos
aceit√°-la no sentido de que sabemos o
qu√£o somos fracos quando falamos de
comunh√£o com o
senhor de como somos sensíveis às
circunst√Ęncias que nos
ccam de como somos fr√°geis ao menor
Abalo que a nossa
segurança possa ter seja uma segurança
financeira sa√ļde
perspectivas planos
frustrados a nossa comunhão com Deus é
fr√°gil mas o alento que Deus d√° ao seu
povo nessa questão e a nós hoje é que
ele
sabe ele sabe dessa fragilidade ele sabe
dessa fraqueza e ele nos dá a força
necess√°ria para continuarmos nesta
comunhão vejam que no versículo TR
Agu lembra a aqueles que viveram no
tempo da existência do Templo de
Salom√£o o senhor manda dizer quem de
vocês que tenham provido sobrevivido
contemplou este templo na sua primeira
glória e como vocês o vem agora por
acaso não é como nada aos olhos de
vocês o livro de Esdra nos ensina que
quando o povo volta a Jerusalém aqueles
que viveram no período do templo quando
vem o templo sendo reconstruído tente
imaginar a cena homens pegando pedras
colocando em carrinhos de m√£o trazendo
uns pedaços de madeira para começar
aqueles senhores que tinham visto aquela
Glória do Templo de Salomão o livro de
esra diz que choravam
amargamente Enquanto alguns chor de
felicidade por estarem voltando para de
voltarem para a terra de Jerusalém de
começarem aqueles que lembravam do que
tinham experimentado com o senhor
choravam
amargamente mas a palavra do senhor
tanto a esses novos como
aqueles de maior de uma maior idade que
vivenciaram é sejam
fortes vej no Versículo 4 palav do
senhor diz mas agora o senhor
diz vej que no Versículo 3 Deixa claro
que o Senhor N√£o tenta esconder a
situação o senhor não vira pro povo e
fala Olha não é bem assim gente acho que
d√° para dar um jeito n√£o o senhor diz
realmente é
miséria
realmente o meu templo foi destruído
porque eu o deixei porque vocês me
deixaram e a minha comunh√£o se afastou
de vocês o cenário é
tr√°gico mas o senhor nos
consola Versículo 4 mas agora o senhor
diz seja forte Z Babel seja forte Josué
fil de josadaque o sumo sacerdote e
vocês todo o povo da terra sejam
fortes sejam fortes essa
repetição
essas tr√™s coloca√ß√Ķes sejam fortes sejam
fortes sejam fortes é como a língua
hebraica utiliza para dar ênfase em algo
o hebraico ele n√£o tem superlativo no
sentido de sejam fortíssimos ou sejam
muito fortes n√£o o hebraico quando
repete os termos é a ênfase que está
dando se no hebraico você quisesse falar
que alguma coisa era muito alta você não
ia falava é altíssimo você falar iso é
alto alto
alto ent√£o quando Deus diz seja forte
seja forte seja forte ele est√° nos
ensinando que devemos
perseverar diante daquela realidade de
sabermos da nossa
fragilidade a realidade é somos frágeis
somos deficientes no sentido de n√£o
conseguir manter comunh√£o com Deus
mas devemos ser fortes o Senhor nos
ensina que apesar de nossa deficiência
da nossa fragilidade ele nos concede
esta força essa
capacidade e essa capacidade ela é
abrangente vejam Zorobabel era o líder
político Josué o líder religioso e todo
o povo deveriam ter essa
força a capacidade que o Senhor nos dá
de permanecermos
de nos esforçarmos de lutarmos por uma
comunhão com ele advém dele em
abrangência E olha que interessante
quando ele cita o povo da terra ele diz
e o povo da terra precisa ser forte o
que o senhor está dizendo aqui é dando
um adjetivo ou uma conotação de que o
povo est√° onde deveria estar o povo
dessa terra o povo est√° onde deveria
estar de volta à terra que eu prometi de
volta à terra que eu lhes dei de volta à
terra onde emanar leite e mel enquanto
eles me
obedeciam O Senhor conhece a nossa
fraqueza o Senhor nos encoraja a
permanecermos forte porque este é o
propósito dele para o seu
povo o senhor tem um propósito
e o
manter√° Mas algumas quest√Ķes ainda podem
ser aprofundadas ser forte Para
quê Para que que nós precisamos ser
fortes o texto diz sejam fortes
e
trabalhem sejam fortes para
agir sejam fortes para buscar comunh√£o
comigo diante da fragilidade seja forte
em se esmerar em buscar comunh√£o com o
senhor dedique-se
empenhe-se continue a fazer o
trabalho mas
como como ser
forte o texto continua trabalhem Por
quê eu estou com
vocês trabalhem porque eu estou com
vocês a força necessária para que
possamos para que
experimentemos para que experimentemos
dessa comunh√£o vem do
senhor está na presença dele em nossa
vida no meio do seu povo o senhor habita
no meio do seu povo o senhor habita no
coração dos
seus essa deve ser a nossa crença essa
deve ser a sua
raz√£o Isso deve ser o que te motiva
diante da tua fragilidade em manter uma
comunh√£o com Deus a busc√°-la cada dia
mais a lembrar-se cada dia pela manh√£
que você é um
fraco mas que o Senhor te capacita e por
isso você vai se
esforçar porque do Senhor vem a força do
Senhor vem a
capacidade nosso senhor o √ļnico Deus que
existe ele n√£o muda com o passar dos
dias ele n√£o muda com o passar dos meses
ele n√£o muda com o passar dos anos das
décadas dos séculos e dos milênios sabe
o que eu quero falar com
isso que no dia de hoje em
2023 Deus continua sendo o mesmo Deus
que falou ao povo de Israel por meio de
Ageu n√£o H
variação o mesmo Deus que disse para o
seu povo eu estou com você nos diz Hoje
eu estou com
você eu capacito seja forte seja forte
no ano de
2023 para continuar a trabalhar na
comunh√£o com
Deus ele é o mesmo Deus da Aliança feita
com seu
povo aliança feita que libertou no Egito
como ele diz no próprio Versículo 5
segundo a aliança que fiz com vocês
quando saíram do Egito o mesmo Deus que
libertou o povo o seu povo do Egito é o
seu
Deus não há distinção o Deus de Israel e
agora um novo Deus o Deus do Antigo
Testamento e o Deus do Novo
Testamento n√£o o mesmo Deus que n√£o
muda sabe o que isso deveria produzir em
nós se você não sabe a palavra de Deus
nos ajuda como termina o Versículo
5 n√£o tenham
medo n√£o tenha
medo mesmo sabendo que você é fraco
mesmo
sabendo que você por muitas vezes diante
de circunst√Ęncias da sua vida enfraquece
a sua comunh√£o com Deus
saiba que o senhor est√° com o seu povo e
capacita o seu povo a trabalhar nesta
comunh√£o N√£o tenha medo o senhor
continua o mesmo o seu espírito
Continuar√° a habitar no seu povo nossa
força está em crermos No Poder Do
Deus que é o nosso Deus como fonte da
nossa
capacidade Deus nos chamou para sermos
teu seu povo Deus nos capacitou a ser o
seu povo por isso desejo por
experimentar dessa comunhão é a
express√£o de que cremos nesta
realidade sabe como você Experimenta da
comunhão com o senhor quando você
compreende a sua fraqueza mas quando
você confia que no Senhor você poderá
continuar
perseverando e voltando à comunhão e
voltando a buscar a sua vontade a sua
graça nos conduz a viver segundo a sua
vontade se a sua fé não trabalha sobre
esses
alicerces você deve viver numa
ang√ļstia
Se você não se importa em averiguar como
est√° a sua comunh√£o com Deus por meio
destas quest√Ķes n√£o por meio das suas
quest√Ķes mas em avaliar como est√° a sua
comunhão com Deus em se esforçar em
conhecer a sua vontade se esforçar em
obedecer a sua vontade se esforçar por
abrir m√£o dos seus desejos quando a
palavra de Deus mostra que isso est√°
errado
Esta é a expressão de alguém que tem
comunhão com Deus a preocupação o desejo
o medo de se distanciar da palavra de
Deus a tristeza quando confrontado com o
pecado Esta é a expressão que Deus
requer do seu povo n√£o adianta dizer ah
eu estou enfraquecido numa comunh√£o com
Deus porque Deus n√£o me capacitado o
suficiente desculpa
esfarrapada o texto nos ensina a palavra
de Deus nos ensina eu estou com você e
se eu estou com você você é capaz de
perseverar você é capaz de buscar você é
capaz de lutar contra aquilo que te
distancia de mim diz o
senhor a vida crist√£ se trata muito mais
da aquilo que te leva a fazer algo do
que propriamente do que você faz preste
atenção a sua vida como um crente está
muito mais atrelada com
aquilo que te leva a fazer algo do que
propriamente aquilo que você faz sabe
por quê porque existem muitas pessoas
que fazem coisas boas corretas
moralmente aceit√°veis
Mas que n√£o creem em Cristo Jesus que
obras benéficas que vivem uma vida
aparentemente ou moralmente
correta mas que n√£o fazem isso por
reconhecer que esta é a vontade do
senhor conhecemos a doutrina da Graça
comum em que o Senhor abençoa as pessoas
refreando a maldade na terra Vejam Só
Qual é a diferença entre uma pessoa que
vive moralmente
aceit√°vel e um crente que vive da mesma
forma
Você já parou para pensar nisso o que
distingue você deve conhecer aquela
pessoa que normalmente Nós usamos essa
express√£o muito errada mas que d√° este
exemplo Nossa aquela pessoa é tão boa só
falta ser crente falta
tudo falta tudo porque essa é a
essência Essa é a essência que nos move
n√£o somente para as a√ß√Ķes imediatas mas
para Além da
Eternidade a vida Crist√£ est√° muito mais
moldada por aquilo que te leva a fazer o
que você faz do que propriamente pelas
as suas a√ß√Ķes pelas suas a√ß√Ķes voc√™
conhecerá e examinará como a sua fé anda
Quando o senhor AGE em nossa vida ele
molda a nossa fé para que possamos
experiment√°-la Em Nossas a√ß√Ķes Voc√™ j√°
parou para pensar nisso que aquilo que
você faz segundo a vontade de Deus são
meios pelo qual Deus s√£o meios pelos
quais Deus lhe proporciona experimentar
comunhão com ele é isso que Efésios 2
nos lembra que nós somos salvos pela
graça não por meio de obras mas que
estas obras Deus preparou de antem√£o
para que and√°ssemos
nela quando você obedece a Deus quando
você segue a vontade de
Deus o que você está fazendo é
experimentando a ação de Deus em sua
vida não vem de você lhe foi dada lhe
foi dada n√£o somente para glorificar a
Deus mas para que você
Experimente quão bom é andar nos
caminhos do
Senhor esta experiência
pr√°tica em querer trabalhar na comunh√£o
em querer desenvolver comunh√£o com Deus
à medida que desenvolvemos a nossa
comunhão com Deus A medida que nós nos
preocupamos se estamos vivendo comunh√£o
com Deus ou não à medida que isso
acontece
experimentamos a sua boa
mão o quanto você tem experimentado da
comunh√£o com Deus na sua vida o quanto
você tem
sentido o agir de Deus em sua
vida o quanto suas a√ß√Ķes
expressam a sua fé de que Deus age na
vida do seu povo o quanto você acredita
que isso realmente
aconteça o quanto você realmente
acredita que a tua
salvação está totalmente atrelada pelo
seu desejo de comunh√£o com Deus ou
quanto a tua salvação ou quanto o teu
cristianismo est√° atrelado pelas
experiências que você
tem quando segue ama e obedece a vontade
de Deus e como √öltimo Ponto se diante da
nossa deficiência ou da nossa
fragilidade e n√£o conseguirmos manter
essa comunh√£o Deus nos ensina que ele
est√° conosco e nos capacita a
isso o texto nos ensina que o Senhor nos
insere em suas promessas Vejam o
Versículo 6 até o versículo 7 pois assim
diz o
senhor dos exércitos daqui a pouco mais
uma vez eu farei tremer o céu e a terra
o mar e a terra seca farei tremer todas
as na√ß√Ķes e ser√£o trazidas as coisas
preciosas de todas as na√ß√Ķes e encherei
este templo
de Glória diz o senhor dos
exércitos minha é a prata meu é o ouro
diz o senhor dos exércitos a glória
deste novo templo ser√° maior do que a do
primeiro diz o senhor dos exércitos e
neste lugar darei a Paz diz o senhor dos
exércitos esse texto nos ensina que o
senhor n√£o se limita n√£o se limita ao
pensamento humano para nos inserir da
sua promessa vejam que aqui nós temos um
cumprimento duplo aquilo que nós
chamamos de cumprimento duplo das
profecias um cumprimento no tempo
presente daqueles que receberam e um
cumprimento posterior Quando o senhor
diz que mexer√° ou abalar√° as a terra a
sua criação e trará
riquezas para aquele templo isso
aconteceu se você for no livro de Esdras
ou do próprio ah do próprio Neemias você
ver√° que o povo ao tentar construir o
templo passa por uma série de
dificuldades povos inimigos tentam
impedir Mas ent√£o daria o o Imperador
quando está à frente de uma decisão se
vai permitir ou n√£o que o templo seja
construído lembra do Decreto do
Imperador Ciro no passado que permitiu
que o povo construísse o templo e não só
permite que o povo construa como o texto
diz que fornece todos os recursos para
isso o povo de Deus enxergou o
cumprimento da profecia
nisso me minha é a prata meu é o ouro os
tesouros das Na√ß√Ķes pertencem ao Senhor
as circunst√Ęncias adversas do nosso
tempo pertencem ao
Senhor quando reconhecemos nossa
fragilidade quando cremos que o Senhor
nos capacita podemos experimentar dessa
certeza ou desta esperança de que tudo
pertence ao Senhor
e nós pertencendo a ele devemos ter
firmeza Na Busca Por esta
comunhão mas aqui vai uma glória
superior O Profeta revela nas palavras
do Senhor que haverá uma glória superior
a do primeiro templo e nós sabemos que o
templo a a
edificação a parede o teto não chegou a
ser superior à glória do tempo de
Salomão Herodes até que tentou dar uma
ampliada no templo mas não é disso não é
disso que o senhor est√°
falando o senhor est√° falando de um novo
templo aquele conquistado ou construído
em Cristo Jesus no Evangelho de Jo√£o
Capítulo 2 quando os discípulos estão
maravilhados com o templo o senhor diz
destu
esse templo e eu reconstruirei em TRS
dias um dos discípulos fala mas senhor
esse templo Demorou 46 anos para ser
reconstruído mas logo em seguida no
próprio texto o evangelista O discípulo
Jo√£o diz ele estava falando do seu
corpo a glória
Prometida ao povo de Israel a glória
Prometida a nós é que em
Cristo habita toda a glória do Senhor e
que em Cristo agora nós somos
Tabern√°culo do
Senhor em Cristo o espírito santo faz
morada naqueles que nele creem Você já
parou para pensar se a sua fé passa por
essa confissão de que o seu corpo é
templo do espírito santo de
Deus que o espírito santo de Deus
habita em cada um daqueles que creem em
Cristo Jesus morada do Espírito
Santo Pedro em sua primeira carta chama
os crentes de Pedras
Vivas
aqueles que creem em Cristo Jesus agora
s√£o as pedras que comp√Ķem o novo templo
do Senhor com uma glória
superior uma morada inabal√°vel como
Hebreus 12 nos
ensina em Cristo
Jesus temos plena comunh√£o com Deus A
questão é o quanto isso é importante
para você
o quanto isso impacta a sua a
vida o quanto isso realmente faz
diferença quando você ouve as palavras
do Senhor eu estou com você eu sei que
você é fraco eu sei que você se
distancia de mim mas eu estou com você o
meu espírito está em você por isso seja
forte porque haver√° um tempo em que o
nosso senhor Jesus Cristo voltar√° para
que
então desfrutemos plenamente da Glória e
Vejam o contraste do versículo 6 até o
Versículo 9 todas as vezes que o senhor
é citado ele é citado como o senhor dos
exércitos o senhor que tem o poder o
senhor que vence as batalhas e o texto
termina e darei a
paz e darei a
paz isso era importante para aquele
aqueles crentes que estavam naquele
momento com Jerusalém totalmente
destruida saber que o senhor dos
exércitos o senhor que vence batalhas
estava no meio
deles e que mesmo diante da fragilidade
em manterem comunh√£o com o Senhor Deus
capacitaria que eles deveriam ser fortes
perseverantes para desfrutar desta
Glória novamente mas e para
nós que isso vai impactar a sua
segunda-feira de
manh√£ o que olhar para as escrituras e
saber que Deus sabe exatamente o quanto
somos fracos em relação à comunhão com
ele o quanto isso vai mudar a sua
vida o quanto saber que Deus conhece
quem você é e por conhecer quem você é
ele cuida de
você ele capacita você a continuar
buscando ter comunh√£o com ele e fazendo
isso você experimentará desta comunhão e
de todas as
promessas cumpridas em Cristo Jesus isso
n√£o pode ser algo abstrato isso n√£o pode
ser algo simplesmente a
técnico ou simplesmente a algo que você
ouve e diz ok mas isso tem que fazer
diferença em nossa vida isso tem que
fazer diferença no nosso dia a
dia eu estou com você diz o Senhor seja
forte persevere porque você poderá não
porque você é bom mas porque Cristo
morreu para isso Cristo morreu para que
você pudesse dizer não para certas
coisas Cristo morreu para que você
pudesse buscar outras coisas que
satisfazem o seu senhor Esta é a obra de
Cristo que o Espírito Santo habite em
cada um daqueles por quem ele morreu e
que comecem a viver segundo esta
realidade portanto saiba que o Senhor
conhece a sua deficiência em manter
comunh√£o com ele mas creia que o senhor
tem todo o poder para te fortalecer a
buscar e continuar nesta comunh√£o e
confie que as promessas do senhor fazem
parte da sua vida
enquanto você luta enquanto você é forte
porque o Senhor lhe capacita para isso
em Cristo Jesus que possamos ter esta
alegria que você possa ter essa alegria
no coração de falar isso mesmo o que a
Bíblia está falando é a respeito de mim
eu que desejo comunh√£o com o senhor eu
que sei que sou fraco mas eu que sei que
em cristo eu posso e por conta disso de
ouvir a palavra do senhor eu vou
continuar sendo forte porque eu quero
cada dia mais
experimentar das promessas do Senhor que
esse seja que essa seja a sua alegria
que esse seja o meu
desejo que essa seja a nossa caminhada
como crist√£o
vamos
orar Senhor muito obrigado ó pai pela
tua boa palavra obrigado porque o Senhor
nos ensina quem o senhor é obrigado
porque o Senhor nos ensina quem nós
somos e obrigado porque o Senhor
manifesta como Cristo ó
pai nos
restaurou nos trouxe ó pai para diante
de
ti obrigado pela obra de Cristo Jesus
que mudou mudou
completamente a nossa
existência obrigado por nos ensinar a
respeito da nossa fraqueza para que
pudéssemos
compreender o poder a
glória de tu ação em nossa vida que isso
Senhor seja aquilo que nos motive que
isso seja aquilo que venha à nossa
memória que o teu santo espírito nos
lembre em dias difíceis em horas
difíceis de que senhor está
conosco que n√£o devemos ter medo por
favor senhor nos lembre fale aos nossos
cora√ß√Ķes nos
incomode para que possamos estar em
comunh√£o com o
senhor pedimos isso porque cremos nisso
e é no nome do Senhor Jesus que Oramos
Amém convida a igreja se colocar de pé e
cantarmos mais um C√Ęntico ao nosso
Deus
[M√ļsica]
só de ouvir tua
voz e sentir teu
amor só de
pronunciar o teu
nome os meus medos se v√£o
minha dor meu
sofrer pois de p tu
inundas meus
ser só de ouvir tua
voz de sentir teu
amor só de
pronunciar o teu
[M√ļsica]
nome os meus medos se
v√£o minha dor meu
sofrer hoje paz tu
inundas meu
ser
Jesus que doce
nome que transforme alegria o meu triste
coração
Jesus só o teu nome
é capaz de dar ao homem
[M√ļsica]
[Risadas]
[M√ļsica]
salvação só de ouvir tua
voz de sente teu
amor só de
pronunciar o teu
[M√ļsica]
nome os meus medos se
v√£o minha dor meu
sofrer pois de paz tu
inundas meu
ser
Jesus que doce
nome que transforme a
alegria o meu Este
Coração
Jesus só o teu
nome é capaz de dar ao homem
[M√ļsica]
salvação
Jesus que doce
nome que transforme a
alegria o meu triste cora
[M√ļsica]
Jesus só o teu
nome é capaz de dar ao homem
[M√ļsica]
salvação é capaz de dar ao homem
[M√ļsica]
[Aplausos]
salvação é capaz de dar ao homem
salvação
recebam a benção Que a graça do nosso
Senhor Jesus Cristo que o amor de Deus o
pai que a Consolação o ensino e o penhor
da eternidade do Espírito Santo seja com
todo o povo de Deus hoje e para todo
sempre
amém a igreja pode se
assentar
alguns motivos de oração que devem
estar Permanente em nossa mente durante
a nossa
semana lembramos do Diego dur√£es Filho
dos nossos queridos irm√£os Dona Nair seu
que está passando por um momento crítico
de
enfermidade Ore ore pelo Diego por sua
esposa seus
familiares espírito
aja no coração de cada um deles da forma
que o senhor desejar lembre-se de orar
por estes irm√£os pelo Diego pela sua
situação para que o senhor derrame
Graça sobre estes
queridos tamb√©m pela √Črica Batista que
foi internada em estado
delicado também lembramos do nosso irmão
Sérgio dav EA eles foram para para o
hospital est√° tudo bem e provavelmente
hoje o filhinho deles nascer√° ent√£o Davi
Ezequiel Ore também por este casal para
que o senhor traga paz
serenidade Caso seja a vontade de Deus
que aconteça hoje que tudo aconteça da
melhor forma possível e que possamos
estar nos alegrando com os nossos irm√£os
em
breve alguns outros avisos primeiro
conhecendo os nossos visitantes eu tenho
aqui creio que seja elizabe se for eu
peço que se coloque de pé para que eu
possamos conhecê-la
melhor Elizabete seja muito bem-vinda à
nossa igreja que o Senhor abençoe a a
nossa igreja sempre estar√° de portas
abertas para você sinta-se em casa muito
obrigado e tenho também Lucas
Augusto também ao lado da elizabe Deus o
abençoe você possa se sentir em casa
ouvindo a palavra do senhor e as portas
estarão sempre abertas para você Deus
abençoe mais alguém que nos visita e não
teve a oportunidade de preencher a
folhinha por favor fique de pé para que
possamos conhecer
Ah olha uma família ah começando da
direita o nome do
senhor odmar
Lucineia
stepan Mateus sejam muito bem-vindos
também é um prazer tê-los aqui
conosco Ok algum aviso para termos
projetado aqui na
mesa lembrando do nosso acampamento no
feriado de Carnaval 9 a 13 de Fevereiro
faça sua inscrição procure o pessoal da
organização ah Este é um momento muito
precioso eu retornei agora h√° pouco do
acampamento de do acampamento de casais
foi muito bom um tempo muito bom
ah e que nós possamos dar valor para
estes momentos de comunhão Então faça
sua inscrição a forma de pagamento já
está colocada aí as vagas estão acabando
a para algumas alguns tipos de quarto
Acredito até que lista de espera já
então faça sua inscrição e se você já
fez a inscrição comece a pagá-la isso é
muito importante também mas algum aviso
n√£o Esses s√£o os avisos Que Deus nos
abençoe a continuarmos caminhando sendo
fortes buscando comunh√£o com ele no
nosso dia a dia vida comum que Deus
abençoe

Tags: